quarta-feira, 4 de junho de 2008

Aprendemos de Castelao. Aprendemos dun corazón cheo de Galiza.